sábado, 26 de janeiro de 2013

Capitulo 21 :)-Jemi -FBI Special Agent



HEY lindonas !! antes de mais obrigada a quem comentou ( isto esta a se tornar repetitivo não ahaha) , fico muito agradecida 

Beijinho para as minhas lindas seguidoras :



Capitulo 21 :)













Então peguei mais um chocolate e enquanto digitava o numero de joe fui me deliciando já com o 3...4..? Ja não sei quantos ja tinha comido mas aquilo era bom de mais . O celular dele estava fora de área no momento então deixei meu celular la em cima da cama e fui tomar um banho , ir ao mercado me deixou exausta . Tomei um banho bem demorado e logo depois voltei para o quarto com a toalha enrolada em mim, e peguei em um  creme para passar em mim  , e ai me deu uma pontada forte na barriga , automaticamente coloquei minha mão lá , talvez exagerei na dose dos chocolates , logo depois deu mais uma dor forte o que me fez abaixar no chão nossa aquilo estava doendo mesmo ...isso não poderia ser apenas dos chocolates ...ai a dores começaram a ficar cada vez mais fortes .parecia quem estava me rasgando o ventre , eu não conseguia me mexer com dores , eu já chorava só de pensar que poderia ser alguma coisa com o meu bebe .Me estiquei par chegar ao celular com muita dificuldade e quando olhei para baixo já na toalha branca que me cobria era visível manchas de sangue  

 
 Nesse momento me desesperei ainda mais , digitei o numero do willmer tocou algum tempo mas depois ele desligou a chamada "ai meu meu Deus atente will ! " eu pensava par mim mesma , já não estava aguentando aquelas dores cada vez mais fortes eu tinha que ligar a alguém então não tinha outro jeito a não ser ligar para o joe e nem pensei duas vezes digitei o numero dele ,e o que me passava pela cabeça era " meu bebe , meu Deus meu bebe " 
 
 Inicio da chamada
 

Joe- demi?!- eu ouvi sua voz surgir alegre 
 

Demi- joe me ajuda por favor joe - eu chorava e gritava de dor ao mesmo tempo sem pronunciar direito as palavras 
 

Joe- demi onde você está? o que se passa fala comigo! Quem te machucou !!- ele disse já nervoso
 

Demi- meu apartamento joe por favor vem logo AI!!- eu chorava cada vez mais de dor - meu bebe joe , meu bebe !- eu chorava cada vez mais  
Joe- fica calma por favor tou indo !! Fica calma - logo depois ouvi a chamada cair , e me deitei sobre o chão tentando parar com aquela dores horríveis que parecia que me rasgavam a barriga , e minha aflição aumenta ao ver a toalha branca cada vez mais ensanguentada ," bebe ta tudo bem mamãe vai salvar você " era a única coisa que conseguia pronunciar soluçando e gritando de dor .
 
 

Joe on
 

Droga !! Tenho certeza que foi o willmer deve ter machucado ela ! Coloquei meu revolver carregado para uma possível briga entre mim e ele e coloquei por baixo do casaco e subi o mais rápido que consegui ate o apartamento dela , sem pensar duas vexes arrombei a porta olhando par todos os lados para ver onde demi estava 

Joe - demi onde você esta !!- eu dizia olhando para todos os lados tentando apanhar algum sinal dela 
 
Demi - JOE!- ouvi ela gritar em algum dos compartimentos e fui correndo ate la , a vendo no chão lavada em lágrimas agarrada á barriga apenas com uma toalha e ensanguentada, corri ate ela 

 Joe- meu Deus ! Calma demi vai correr tudo bem 

 Demi- meu bebe joe , meu bebe- ela chorava descontroladamente , me deixando nervoso , peguei no celular e liguei par os bombeiros o mais rápido que consegui
 
Joe- vai correr tudo bem eles estão chegando - eu disse passando a mão em sua cara para enxugar as lágrimas 
 
Demi- eu vou perder meu filho joe , diz que não por favor diz que não! - ela agarrava- me pela camisa escondendo a cabeça dela em meu peito chorando muito 
 
Joe- fica calma , vai correr tudo bem , olha para mim- eu agarrei-a pelo seu queixo a fazendo olhar para mim - eu estou aqui nada de mal vai acontecer, apenas tenta ficar calma por favor - ela continuava a chorar e eu estava muito nervoso não sabia o que mais fazer para puder ajuda-la , foi então que os bombeiros chegaram e colocaram- na numa maca , quando a olhei ela já estava desacordada provavelmente por conta das dores fortes eu acompanhei o carro dos bombeiros com o meu carro e chegando ao hospital fiquei na sala esperando por noticias ..as horas pareciam não passar , eu queria saber como ela estava e ninguém saia daquela droga daquela sala para me dizer seja o que for ,estava impaciente de mais .Ate que  vi um dos médicos sair do quarto 

Med- acompanhantes de demetria lovato ?
Joe- como ela esta doutor ?- eu me levantei e fui ate ele 

 Med- ela esta bem agora , conseguimos fazer uma lavagem ao seu estômago e correu bem 
Joe- lavagem ao estômago?
Med- sim, ela ingeri-o uma substancia abortiva para provocar a morte instantânea do bebe - ai coloquei a minha mãos na cabeça ..demi ia morrer de desgosto quando soubesse que tinha perdido o bebe - então..ela perdeu o bebe?
Med- sim lamento ..., se quiser pode entrar no quarto a moça esta precisando de alguém familiar para lhe dar apoio , ela já esta sabendo de tudo - e ele se retirou

 Joe- eu respirei fundo para me preparar para ver em que estado é que ela se encontrava , e ai entrei na sala , ela estava com as mãos enterradas na cabeça chorando descontroladamente 
Joe- fui ate ela para lhe abraçar-  demi com....- ela me interrompeu e me empurrou para longe 
Demi- não me toca ! Eu te odeio! Some da minha vida de uma vez por todas jonas! Some !- ela disse chorando e a única coisa que via em seus olhos era raia ,muita raiva..

Joe- demi se acalma por favor! eu não estou entendendo porque me esta tratando assim !
Demi- foi você que me deu aqueles chocolates ! você queria matar o meu bebe e parabéns você consegui-o!- ela dizia entre soluços
Joe- mas o que que os chocolates tem haver com isto demi?- eu estava realmente confuso

Demi- os chocolates tinham substancias para matar o bebe ! Foi você JOE!!EU TE ODEIO!!- ah?aquilo não era possível .aquilo não estava batendo certo..eu nunca faria uma coisas dessas ,eu não estava entendendo nada 
 
Joe- demi eu n...

 Demi- cala a boca e some daqui por favor!!-ela continuava chorar ,e eu já não estava entendo mais nada mesmo 
 
Joe- demi me escuta eu na...
 
Demi- cale sua boca não quero ouvir mais nada! Só te digo uma coisa parabéns ! Você matou seu próprio filho !- ela ai chorou ainda mais e eu fiquei com aquelas ultimas palavra batendo na minha cabeça ..meu filho? Como assim meu filho !! 
Joe- o filho era meu?- eu disse devagar tentando interiorizar aquilo 
 
Demi- era! Mas você o matou! Eu odeio você ! Some daqui ! Some!!!- ela disse gritando e logo na porta entrou o medico
 
Med- por favor é melhor sair agora senhor - ele disse- me afastando ate a porta 

 Joe- não  Demi tens que me ouvir! Não fui eu ! Eu era incapaz de fazer alguma coisa assim demi!!- eu tentava fazer com que ela me ouvisse mas ela apenas chorava e eu estava cada vez mais aflito , mas tive de sair da sala para não arranjar problemas , sai meio a ver tudo turvo, aquelas ultimas informações ." matou seu próprio filho" estava me amarrando o coração .mas não tinha sido eu.. só poderia ter do willmer ! Aquele desgraçado concerteza descobrio que o filho não era dele , ordinário matou o meu filho e ainda me põe a culpa em cima ! Covarde! Eu juro que vou fazer ele pagar por tudo !!! Eu precisava falar com alguém sobre tudo isto então liguei para a selena que era minha melhor conselheira para um momento como este , e também ela ficaria a sair do ocorrido

 Inicio da chamada 


 Sel- hey joeyy! Nunca mais ligou , pensei que tinha esquecido a best hein!


 Joe- oi selena..- eu disse ainda tentando recuperar minha voz de tudo o que  tinha acabado de acontecer 
 

Sel- que se passa joe? Te conheço muito bem ! 


 Joe- você não vai acreditar


 Sel- ai joe fala logo
 

Joe- demi esta no hospital 
 

Sel- como? O que  aconteceu com ela joe?
 

Joe- ela perder o bebe selena- eu disse com uma vontade enorme de sumir- willmer fez qualquer coisa que provocou aborto e o pior é que ela pensa que foi eu selena! Ela pensa que eu o matei !- enterrei minha cara nas mãos 
 

Sel- meu Deus  Isso é horrível joe! Mas qual seria o motivo para o willmer querer matar o próprio filho ? 
 

Joe- porque .....porque o filho não era dele, e de alguma forma ele sabia disso senão não tinha feito isso
 

Sel- espera ai estou confusa agora ..se o filho não era dele .. então ..
 

Joe- ...era meu- eu a interrompi - selena ela estava esperando um filho meu sel e aquele desgraçado o matou!- eu disse fervendo de raiva por entre os dentes 
 

Sel- mas ela tinha dito que era o willmer o pai..droga..como ela esta?
 

Joe- esta acabada me expulsou do quarto ela não quer olhar nem na minha cara 
 

Sel- droga , olha eu vou apanhar avião com o nick e vamos já para ai 
 

Joe- não precisa sel vocês tem vossos problemas 


 Sel- esquece joe daqui a uma horas estamos ai , e fica calmo por favor 

Joe- ok - era por causa disso que selena era a minha melhor amiga , ela sempre se sacrificava para me ajudar seja em que circunstancia fosse ..mas voltando ao meu objectivo eu não ficar aqui sem fazer nada sabendo que o assassino do meu filho anda por ai , não mesmo!. Sai daquele hospital e fui ate o meu carro afundando a cara no volante tentando me recuperar da ideia que se não fosse aquele desgraçado eu seria pai , pai do filho da mulher que eu amo e agora ela estava de rastos ..mas porque é que eu não matei logo ele ! Porque! , ao pensar nessa possibilidade soquei o computador de bordo ligando o carro em seguida com o objectivo muito claro ,de acabar logo com aquele cobarde . Dirigi pelas proximidades da cidade onde normalmente gente da laia dele andava e ao virar uma esquina num barzinho , o vi sentado na mesa a beber uma cerveja como se não tivesse acontecendo nada naquela hora , eu dei uma travagem brusca com o carro sem pouco nem importar se estava alguém atrás ou não , abri a porta do carro contudo e fui ate a mesa onde ele se encontrava e joguei a mesa dele para longe .

Will- que isso cara surtou?- ele disse continuando com o maldito copo de cerveja na mão e sem mover um músculo da cadeira 


Joe-cala a sua boca seu merda - eu peguei ele pelo colarinho da camisa e o empurrei contra Parede do bar , ele continuava a tentar se soltar mas com tanta raiva que eu tinha em mim a minha forca transformou se em 10 vezes mais , e num movimento brusco o virei de costas para mim tirei meu revolver e fiz ele sentir A ponta da arma lhe tocar nas costas o que fez com que ele parasse de se rebater 
 

Wil- ei cara Calma ai , vamos falar 

 Joe- cala a boca seu ordinário- eu lhe dei uma chapada na cara com toda a forca que estava em mim - você vai morrer agora tal como fez ao meu filho á poucos minutos atrás - eu imprensei ainda mais o revolver nas suas costas o fazendo gemer de dor o que me fazia afundar ainda mais a arma em suas costas.- agora acabou para você willmer - eu puxei o gatilho para disparar 
 

Xxx- joe baixe essa arma pelo amor de Deus!! 


Joe-eu virei um pouco o rosto para ver quem era - taylor?! ..me deixa vai embora eu sei o que estou fazendo - eu me virei para disparar agora 
 

Taylor- joe baixa essa arma , não é assim joe você é um agente não pode simplesmente sair matando assim ! 


 Joe- taylor o que é que você quer? Me dar lição de moral também ? Me deixa resolver os meus problemas e saia daqui 
 

Taylor- joe eu não posso deixar você fazer isso , vais te prejudicar para nada 


 Joe- ele matou o meu filho taylor- eu disse com o ar obvio em meu olhar ..tipo nada mais justo do que o matar tambem 
Taylor- joe tem pessoas olhando por favor baixa a arma - eu olhei meu olhar para o nosso redor e realmente tinha pessoas la ..nem tinha pensado nas pessoas merda! Se isto chegasse aos ouvidos do phil eu estava ferrado - ehh você tem razão , aqui não - eu olhei para o willmer - aqui não ,porque não vou sujar minha imagem por sua causa ,mas eu vou te encontrar ! Ainda hoje ,você ate pode fugir mas eu vou te encontrar pode apostar , vou fazer você pagar tudo o que tem feito com a demi e vou te mostrar que  quando disse que ninguém tocaria nela , eu não estava a brincar -voltei a virar ele para mim e o joguei sem qualquer cuidado para o chão lhe socando - durma com seus olhos abertos , eu vou te encontrar .- ele me olhava com raiva mas por incrível que pareça nem se pronunciou , eu sai do lugar e voltando a entrar no carro , taylor entrou do outro lado
Taylor- fala serio joe o que se passa com você ? O que foi isto? - ela parecia incrédula o que se havia acabado de passar 
 

Joe-eu não quero falar sobre isso taylor ,agora só quero que me prometa que o que acabou de ver vai ficar apenas entre nós


 Taylor- ok joe - ela abriu a porta para sair mas voltou a olhar para mim - ah você por acaso disse " meu filho" ainda á pouco?


 Joe- depois te explico tudo taylor


 Taylor- já vi que não quer falar sobre isso - ela então saio e fechou a porta 
 

Joe- obrigado taylor- eu disse para fora do carro e ela assentiu .
 
 Demi on
 

Eu estava destruída ,quebrada , morta por dentro , em pequenos instantes a pessoa que eu mais amava passou a ser a mais odeia-da,  eu pensava a cada segundo mais e mais como ele tinha tido coragem de fazer uma coisa dessas , mesmo que ele tivesse muita raiva do willmer , ele não tinha de descontar isso no bebe , o bebe que no final de contas foi fruto do desejo incondicional que nos consumia quando eu e ele chegávamos perto um do outro . Ainda com lágrimas a rolar pela minha cara já vestida para sair daquele hospital me olhei no espelho , eu estava branca com os olhos vermelho  , sem vida , estava horrível , e isso pouco me importava agora . Como o medico me havia dado alta sai daquele maldito quarto e fui andando ate o meu apartamento completamente sem chão , e acabada por dentro .
 
 Narradora on
 
 ***No FBI****
 
Joe- mandou-me chamar senhor ?- ele disse sentando na grande cadeira de pele preta em frente a phil.
 
Phil- sim- logo depois alguém bateu na porta - entre , estava á sua espera 
 
Taylor- desculpe o atraso - ela sentou- me numa cadeira que havia ao lado do joe , e o joe mandou um olhar para ela tipo " não acredito que você contou " , mas ela logo percebeu e moveu a cabeça negativamente , fazendo com que ele soltasse um suspiro de alivio 
 
Phil- então reuni vos aqui para dizer que vão sair da cidade ainda hoje , vamos começar as investigações em camak , vocês ficaram numa casa , que para todos os efeitos é vossa , e não se esqueçam que estão casados , têm que agir como tal , quero que vão se infiltrando aos poucos , sem dar a perceber qualquer suspeita , não podemos deixar que eles desconfiem de seja la o que for 
 
Taylor- claro senhor faremos o possível para tudo correr como o planeado não é joe?- ela olhou para o joe, mas ele estava com olhar distante completamente indecifrável para a janela observando o nada..concerteza não tinha ouvido metade do que havia sido dito ali - joe ..joseph!

 Joe- oi?- ele disse voltando á realidade - o que foi?
 
Taylor- estava falando contigo ! 

 Joe- ah desculpa o que falava taylor?- ele disse se acomodando na cadeira de novo e ajeitando o cabelo
 
Taylor- nos faremos de tudo para correr  bem ...na missão certo?
 
Joe- ah ..sim claro claro - concerteza ele não sabia o que estava respondendo , os seus pensamentos estavam em demitria e no filho que nem chegou a nascer..tudo era fresco na cabeça de joseph tudo era mais um novo sofrimento em seus pensamentos 
 
Phil-podem ir agora , e esperem pela minha chamada esta noite , estejam já preparados para sair 
 
Joe- vamos ficar la por quanto tempo?- ele disse demonstrando preocupado 
 
Phil- esta mesmo preocupado com isso ?- o olhar de phil intensificou- se 

 Joe- sim..
 
Phil- e qual é o motivo da sua preocupação? 
 
Joe- coisas minhas- ele desviou o olhar de phil para nao k encarar 
 
Phil- sabe joseph.. você mudou muito estes últimos tempos.. Isso se devera ao facto de demetria estar sabendo de alguma coisa?

 Joe- não !..quer dizer.. esqueça ! - ele passava as mãos pelo seu cabelo demonstrando nervosismo
 
Phil- joe se precisar de Alguma coisa sabe que pode contar comigo e com a sua equipe 
 
Joe- voltou a cara novamente para o rosto de phil agora para o encarar- o problema é meu phil , vou me virar sozinho sempre foi assim , agora como já acabou de dizer o que queria vou me retirar , com licença - ele então se levantou da cadeira e saio porta fora ate seu escritório , chagando la tirou a camisa e começou a fazer musculação , ele queria tentar descarregar todos os sentimentos, que estava a sentir nem que seja a fazer exercício , enquanto cada gota de suor escorregava pelo seu peito nú os pensamentos dele em vez de desaparecem se intensificaram mais como martelos a bater constantemente a sua cabeça e deixando ainda mais com o sangue a ferver. 
***com demi***
 

Narradora on
 

demi havia chegado em casa emocionalmente esgotada por tudo o que havia se passado , e ao passar pela cozinha o seu olhar parou em wilmer deitado no sofá a ver tv como se a falta de noticias da demi não lhe estivesse preocupando nem um pouco ( a demi passou um dia no hospital gente ), então foi ate a sala fazendo o willmer a olhar talvez devido aos ruídos dos passos 
 

Will- ah já chegou ?- ele disse friamente bebendo um gole de cerveja e olhando para tv


 Demi- will? Você nem me ligou? Não estranhou eu ter ficado fora de casa?- ela disse um pouco pasma ainda com a reacção que willmer estava a ter 
 

Will- ele deu de ombros - nem por isso ...quer dizer ..sinto sempre falta de uma mulher para satisfazer as minhas vontades sexuais não é mesmo?- ele disse com um tom de voz muito porco e com um sorriso malicioso esboçado em seu rosto enquanto demitria o olhava sem fala 
 

Demi- mas o que se passa com você will..eu.. você nem imagina o que aconteceu ..e nem se lembrou de me ligar - ela disse ja irritada- nem te passou pela cabeça que tinha sido alguma coisa com o bebe?- ela disse irritada , e willmer num só movimento chegou perto dela e puxou a bruscamente para ele 
 

Will- olha aqui sua vadia ! Você nunca teve gravida de mim !


fim do capitulo!!!

love you all <3

beijinhos bruna by portugal :)





14 comentários:

  1. Primeira a comentar ~´~Rebola ~'~
    Ameeeei ... mt perfeito ...
    Posta logo criatura do céu ahsuashuauhshas
    Beijooos da louca aqui :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhh obrigada louca fofa uhsuhsuhs :-P , beijinhos :-*

      Eliminar
  2. aaaaaaaahhhhhhhhhhhhh, mas o que o Will vai fazer? acho que a ele vai dizer tudo e assim a Demi acreditava no Joe.
    Posta Logo, ainda hoje por favor, esta mais que perfeito.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. OMG
    POSTA MAIS
    POSTA POSTA LOGO
    POR FAVORRRR

    ResponderEliminar
  4. ooooooooooooooooooooooooommmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmggggggggggggggggggggg, posta logo o que o will vai fazer? sera desta vez que ela vai acreditar no joe,,,,ela tem de acreditar nele....
    posta logo please

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O willmet nao presta mesmo !! Ahhh sou k escrevo a historia e na mesma odeio o willmer ! Irritante pra carachas !!!!

      Beijinhos fofa

      Eliminar
  5. Ai caceteeeeeeeeee...
    Tô passada mais pelo menos a Deminha vai ver quem e essas pesteee rum...
    #safadoooo
    Posto logo autorinha

    ResponderEliminar
  6. Meu Deus, o q sera q vai acontecer???? Ai odiando o wilmer mais uma vez, tadinha da demi e do joe tomara w ela acredite logo nele, posta logoooo, curiosidade tomando conta kkkkk ta casa.vez.mais perfeita a fic

    ResponderEliminar
  7. Divulga pra mim por favor?
    http://ficsofjemi.blogspot.com.br/
    Obrigada. Se puder, de uma olhada e me diz o que acha
    Beeijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim querida , pode deixar vou postar :-P

      Eliminar